domingo, 18 de novembro de 2012

Carta pra alguém que nunca vai ler...


Cartas de amor,com certeza nunca foram minha praia...
Eu? um cara durão,que joga basquete,que anima a galera?
mas que quando está sozinho,gosta de te ver pelo telescópio,ali tão perto
do outro lado da rua,e ao mesmo tempo,em outro planeta...
eu não sou bom nisso,e espero que você nunca leia essas palavras
que escrevo agora...
Garota que eu tento entender,e tento não amar,nem sempre consigo
Garota maluca ,tão frágil,e ao mesmo tempo tão forte
tem a coragem de ser você mesma e isso é difícil as vezes,
Com suas botas de coturno,seus cabelos coloridos,e sua personalidade
tão intensa que transborda,não teme julgamento alheio.
A ovelha negra de uma família de comercial de margarina,
que faz dos livros seus melhores amigos,e da musica sua terapia.
Porque você não pode ser como as outras?porque tem que questionar tudo?
Eu não sou bom o bastante pra você...

Garota maluca,nunca faz o que os outros esperam,
não tem medo de se arriscar,eu te vejo se jogar de cabeça sem nunca
se arrepender,
As vezes eu invejo isso em você,mais acima de tudo admiro,
Vejo você brigar pelo que acredita,vejo você amar sem ter medo
de sofrer,
Te vejo indo pelo caminho estreito,ao contrario dos outros,
vejo rir de si mesma,tentando abraçar o mundo com as mãos,
Ninguém nunca te pediu pra ser assim,e ninguém se importa,
Seria até mais fácil ser igual aquela sua irmã fútil e oxigenada,
Mais não,você prefere preencher sua mente,ao invés do sutiã
atitude arriscada,mas eu gosto...
Prefere ver o mundo do seu jeito único,cheio de cores e formas,
cheio de cheiros e texturas,como uma grande jornada,uma aventura.
Eu levei algum tempo pra perceber,o que havia por trás de seus olhos
castanhos,e agora eu sei...
E é difícil não te amar por isso,mesmo sabendo que nossos mundos não se cruzam,
difícil não sentir vontade se segurar sua mão,de te trazer pra perto,te fazer pensar
em mim como eu penso em você,
Mas eu sei que nunca poderia me encaixar no seu mundo,eu sou cria de cativeiro,e
você um lindo pássaro raro e selvagem,precisa voar,cada vez mais alto,
e eu nunca iria te impedir,ou tentar te trazer pro meu mundinho ''careta'',
E eu nunca mudaria você,porque eu amo todas as suas formas,esse seu jeito
todo peculiar.
Podem se passar um milhão de garotas,mas nenhuma delas será igual a você.








Nenhum comentário:

Postar um comentário