domingo, 27 de julho de 2014

Um coração batendo no mundo.


Há algo diferente nesse seus olhos castanhos,
que me faz voltar pra casa cantarolando,
Há algo no seu modo de falar,tão excessivamente
sincero.
Faz com que pela primeira vez eu queria ficar
pra ver no que isso pode se tornar.
Não ria de mim,se eu disser que estou
quebrando todas as minhas regras por você,
que estou indo contra aquela vozinha da minha
consciência que me diz pra ir embora o mais rápido
possível.
Eu estou fazendo o oposto do que ela diz,só pra ter
um pouco mais dessa sensação boa,que estar ao seu
lado me trás.
E derrepente eu me pego lutando contra as circunstancias,
Só pra ver seu sorriso largo,e ouvir suas bobagens tão
convictas,sua paixão pelas coisas totalmente envolventes,
Há algo de diferente em você,de tudo e de todos.
Você foi o primeiro a ver além do que eu tento externar.
e remexeu no meu armário de esqueletos,não pareceu
se importar com o que viu,
Eu não sei o que será de nós amanhã,
no meio de tantos ,de tantas histórias que começam
e terminam mas rápido do que se possa contar.
Eu sou só mais um coração batendo no mundo,
mas parece que nenhum deles bate tão alto como o
meu agora.
no momento é como se não houvesse mas
nada além de nós.
E é com essa sensação que eu volto pra casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário